O Poder do Educador Emocionalmente Conectado

Apresentação:

A situação atual em que os professores se encontram, possibilita com que eles tornem-se pessoas desconectadas emocionalmente. Evidentemente, não é algo intencional, e sim do contexto que eles vivem na escola. O nível de exigência, o comportamento dos alunos, o excesso de atividades, são determinantes para que ocorra a desconexão. Em certo sentido, a maioria de nós não foi educada nos ensinamentos emocionais, e isso interfere negativamente quando da necessidade de resolução de um conflito ou estabelecimento de vínculos.

Sabemos que as escolas são ambientes propícios a todo tipo de comportamento, dos afetivos aos mais violentos. Lamentavelmente, a educação emocional ainda não está no foco central da educação. Pesquisas revelam que 90% dos problemas encontrados nas escolas estão diretamente relacionados com a emoção – problemas de comportamento, a falta de interesse, alunos distraídos, professores estressados, etc.

A compreensão emocional que surge quando os professores estabelecem vínculos com os alunos e fazem desses vínculos o suporte para aprendizagem cria condições propícias para a aprendizagem e para resultados acadêmicos de alto nível, gera sentimentos de satisfação e bem-estar profissional nos professores, transforma a tarefa educativa numa aventura comum, vitaliza os fazeres do ensinar.

OBJETIVOS

1. Aumentar a auto-estima do professor.

2. Motivar os profissionais a desenvolver uma metodologia eficaz de relacionamento interpessoal e pessoal.

3. Conscientizar os professores de que o entendimento e a prática das questões que envolvem as emoções facilitam o aprendizado e a melhora do clima dentro da instituição;

4. Inspirar o professor a ser um pessoal emocionalmente inteligente, conhecedor as emoções, dos sentimentos e como se comunicar de forma eficaz e não violenta.

 

ASSUNTOS ABORDADOS:

 – Tipos de Poder;

 

– As conexões humanas;

– Como se estabelecem os vínculos emocionais;

– As deixas emocionais

– Observação dos sinais não verbais na comunicação humana;

– Examinando as heranças emocionais;

– Fontes de desconexão emocional;

– Gatilhos emocionais;